2020 HONDA SH125I

Atualizações do modelo: Uma das scooters mais populares na Europa – e a líder de mercado em 2018 com quase 19.000 unidades vendidas – é praticamente uma scooter nova para 2020. Um modelo, esguio e elegante, com quadro redesenhado que oferece agora mais de 50% de espaço e revisões ao nível da geometria traseira, oferecendo uma condução mais suave. O novo motor de quatro válvulas mostra acelerações mais rápidas, está mais forte a alta rotação e consome menos combustível. A scooter tem homologação EURO5 e está agora equipada de série com o sistema HSTC de controlo de binário variável da Honda.

Conteúdo:

1. Introdução

2. Generalidades do Modelo

3. Características principais

4. Acessórios

1. Introdução

A Honda SH125 a quatro tempos chegou à Europa em 2001 e faz parte da família SH, que já vendou milhões de unidades em todo o mundo e cuja fundadora, a SH50, foi colocada à venda em 1984, . Desde então, este modelo tem vindo, calma mas consistentemente, a ser um meio de transporte elegante, divertido e descomplicado – tendo-se já tornado um dos favoritos no velho continente.

O primeiro modelo definiu as bases para o sucesso: um motor económico, mas vivo, e uma agilidade rápida e segura com a estabilidade das rodas de 16 polegadas – tudo num conjunto elegante e de estilo premium.

Após receber o sistema de injeção de combustível em 2005, nos últimos 14 anos a SH125i passou a ser o modelo que representa o derradeiro transporte urbano, com o equilíbrio perfeito entre elegância, fiabilidade, economia e facilidade de utilização prática.

E, é claro, a sua história é uma evolução cuidadosa e constante, que reflete as necessidades de desenvolvimento de cada altura e as expectativas dos clientes e o desejo da Honda em oferecer uma versão ainda melhor da SH. Em 2013, o modelo recebeu o motor Honda eSP (enhanced Smart Power) de baixo atrito e o sistema Idling Stop de paragem do motor ao ralenti, aumentando ainda mais a potência e a economia da SH. Em 2017, o visual foi atualizado com mais linhas afiladas, luzes dianteiras/traseiras de LEDs e sistema Honda Smart Key.

Agora, para 2020, a SH125i, fabricada nas instalações de Atessa, Itália, é uma scooter totalmente nova. Fazendo jus à herança recebida dos seus ancestrais, a nova SH125i é um modelo mais rápido, mais elegante e de maior conveniência, tudo a um preço muito competitivo, tanto em termos de custo inicial, como de manutenção. Também não poderia ser de uma maneira – bem vistas as coisas, é uma SH. 

2. Generalidades do modelo

Melhorar a SH125i não foi um objetivo fácil de atingir - há de facto um motivo para esta ser uma das scooters favoritas da Europa. Mas esse era o desígnio dos engenheiros de desenvolvimento da Honda e o novo motor "eSP+" de quatro válvulas com homologação EURO5, mais potência, mais binário e melhor eficiência revelou ser um excelente ponto de partida. A inclusão do sistema HSTC de controlo de tração variável oferece uma condução bastante mais tranquilizadora.

O quadro redesenhado liberta mais espaço, sempre útil para arrumação (com a inclusão de um carregador USB) e a otimização da geometria da suspensão traseira melhora o conforto. A nova ciclística premium e a elegante "assinatura frontal" redefinem e reforçam ainda mais a postura da SH125i; toda a iluminação é de LEDs e o painel de instrumentos LCD foi atualizado e oferece uma leitura fácil de todas as informações.

A SH125i de 2020 vai estar disponível nos esquemas cromáticos seguintes:

Preto Pérola Nightstar

Branco Pérola Cool

Cinzento Metalizado Timeless

Vermelho Pérola Splendor

3. Caraterísticas Principais

3.1 Estilo e Equipamento

  • Estrado plano da SH125i com design de estilo contemporâneo e exclusivo
  • 28 litros de capacidade total no compartimento debaixo do banco
  • Carregador USB
  • Luzes integrais de LEDs e novo painel de instrumentos LCD

"Suavidade" e "Solidez" foram as duas palavras que lideraram a criação do novo design unificado da nova SH125i, com a tensão entre as duas a reforçar a presença premium deste modelo. E a sua "face" destaca-a das demais – o farol (praticamente um "H" de LEDs, agora montados na carenagem) apresenta uma travessa central que divide as duas barras laterais de iluminação, com os feixes de médios e de máximos; as luzes de presença ficam por cima da mesa de direção.

Este continua a ser um modelo SH, com um "look" elegante a complementar a excelente funcionalidade. O caráter compacto geral do modelo, o seu estrado plano e a posição vertical de pilotagem (essenciais para facilitar a condução e a visibilidade no trânsito da cidade) são pontos de excelência na já notável aparência da SH. Uma caraterística menos óbvia é o espaço de armazenamento extra de 10 litros por baixo do banco, que complementam os 18 litros já existentes, com capacidade para um capacete integral. Também está incluído um carregador USB.

O banco plano oferece bom suporte e espaço suficiente para os movimentos e os contornos do seu formato, em conjunto com o estrado estreito, tornam fácil chegar com os pés ao chão. Como muitas das viagens na cidade serão feitas com passageiro, o espaço chega muito bem para dois; os poisa-pés do passageiro são em alumínio e podem ser recolhidos quando não forem necessários e oferecem uma plataforma estável – especialmente nas travagens – de apoio ao passageiro.

O farolim traseiro é de LEDs e tem uma moldura cromada, complementando o design da frente; o novo painel LCD com todas as luzes avisadoras – incluindo Smart Key, HSTC/ABS e sistema Idling Stop – dispostas de forma ordenada à volta do velocímetro/conta-quilómetros totalizador em posição central. Todas as operações no painel de instrumentos são feitas através dos dois botões A/B no punho esquerdo.

A Smart Key da SH125i fica no bolso do condutor e dispensa a necessidade de estar sempre a recorrer à chave para ligar e desligar a ignição, abrir o tampão do depósito ou o banco para aceder ao compartimento por baixo. Esta Smart Key tem dois botões: ligar/desligar a função inteligente e "responder", que faz piscar os indicadores de mudança de direção para efeitos de identificação à distância.

Na presença da Smart Key, basta carregar uma vez no interruptor de ignição da moto para esta começar a trabalhar, dando controlo ao condutor sobre a ignição, a tranca da direção e, através de dois comandos, abrir o tampão do depósito e o banco. Este botão acende quando se carrega nele – ou através da função de resposta da Smart Key – numa tonalidade azul.

3.2. Motor

  • Novo motor de quatro válvulas, com mais potência mais binário e melhor economia de combustível
  • Agora com sistema HSTC de controlo de tração variável
  • Homologação EURO5, com tecnologia Idling Stop de paragem do motor ao ralenti e medidas de redução do atrito

O novo motor eSP + ("enhanced Smart Power") de quatro válvulas e 124,5 cm³ da SH125i oferece acelerações mais rápidas, velocidade de ponta mais elevada e mais economia do que o anterior design de duas válvulas.

O pico de potência é de 9,2 kW e chega às 8.250 rpm (menos 250 rpm – anteriormente, 8,9 kW às 8.500 rpm) e o binário máximo é de 11,4 N·m às 6.500 rpm (menos 500 rpm – anteriormente, 11,5 N·m às 7.000 rpm). Mas tanto a curva de potência como a de binário, obtidas no banco de ensaios, demonstram graficamente o quão mais forte é este novo motor, entre as 4.000 rpm e as 10.000 rpm.

Os consumos (sem o sistema Idling Stop ativado), passaram de 2,31 l/100 km (43,3 km/l) para 2,25 l/100 km (44,6 km/l) (em modo WMTC). E, igualmente importante para o condutor e para uma scooter que passará a maior parte do seu tempo em ambiente urbano, o motor da SH125i tem agora homologação EURO5; os limites permitidos para as emissões poluentes, como o monóxido de carbono, os hidrocarbonetos e os óxidos de azoto definidos pela norma EURO5, são bastante mais reduzidos em comparação com os da norma EURO4.

Uma tecnologia adicional para aumentar a confiança do condutor em condições de chuva é o sistema de controlo de tração variável (HSTC); este sistema funciona em segundo plano gerindo subtilmente a tração da roda traseira. Um indicador pisca no painel de instrumentos quando o sistema HSTC está a reduzir ativamente a patinagem da roda; este sistema pode ser desligado completamente.

As medidas internas do motor também foram alteradas: o maior diâmetro de 53,5 mm e o curso menor de 55,4 mm (anteriormente, 52,4/57,9 mm) permitem obter espaço para se montarem as quatro válvulas na câmara de combustão; isso fez a relação de compressão aumentar de 11,0: 1 para 11,5: 1. O motor compacto é uma obra-prima na centralização das massas. O radiador, em vez de estar montado à frente, foi incorporado no próprio motor, permitindo uma disposição muito mais simples e leve dos elementos. O seu "coração" é bastante eficiente, o que permitiu usar uma ventoinha de refrigeração consideravelmente mais pequena.

Internamente, foram aplicadas tecnologias de redução do atrito: a camisa do cilindro possui estrias de tamanho diminuto na sua superfície exterior para manter baixos os consumos de óleo e melhorar a refrigeração e o próprio cilindro está descentrado, o que reduz ainda mais o atrito. A resistência ao rolamento dentro da caixa foi mantida reduzida pela utilização de três rolamentos principais, todos desenhados para suportarem as suas cargas individuais.

A função Idling Stop de paragem do motor ao ralenti é outra medida tecnológica que permite poupar combustível. O comando desta função está no punho direito e, quando ativado, o motor pára automaticamente após estar três segundos a funcionar ao ralenti; quando se acelera, o motor arranca outra vez.

A sua utilização é muito suave e fácil, graças ao mecanismo de retorno da cambota que recoloca em posição antes da admissão e ao mecanismo de descompressão que anula a resistência ao arranque provocada pela própria compressão do motor. O motor de arranque também tem funções de alternador, produzindo eletricidade e dispensando a necessidade que instalar um sistema convencional de carga e motor de arranque, bem como o resto dos componentes a eles associados.

3.3. Ciclística

  • Novo quadro tubular de aço de elevada tenacidade liberta espaço
  • Suspensão traseira de geometria otimizada melhora o conforto de condução
  • Jantes de 16 polegadas à frente e atrás oferecem uma condução mais segura e de maior confiança

A renovação da parte ciclística da SH125i foi norteada por dois objetivos principais; libertar mais espaço de armazenamento e obter maior conforto de condução. O novo quadro em tubos de alta tenacidade coloca agora o depósito com capacidade para 7 litros de combustível por baixo do piso (antes, este componente estava montado debaixo do banco do passageiro), entre os pés do condutor; esta medida permitiu libertar mais 10 litros de espaço. A distância entre eixos subiu 13 mm, valendo agora 1.353 mm; o ângulo da coluna de direção é de 26° e o eixo de arraste (trail) tem 85 mm. A altura do banco manteve-se nos 799 mm e o peso em ordem de marcha é de 133,9 kg, 400 g mais leve.

Para maior conforto, o ângulo do apoio do motor e o ângulo da suspensão traseira foram otimizados para reduzir as cargas rotacionais, tornando a absorção das irregularidades e o controlo ainda mais flexíveis.

As jantes de alumínio fundido e 16 polegadas sempre foram uma das principais caraterísticas da SH125i, permitindo que este modelo exibisse uma condução segura e estável, em grande diversidade de pisos; os pneus são Michelin City Grip tubeless nas medidas 100/80-16 à frente e 120/80-16 atrás.

Os amortecedores traseiros têm 5 níveis de afinação da pré-carga e curso de eixo de 83 mm. À frente, a forquilha telescópica de 33 mm de diâmetro e 89 mm de curso assegura uma tração excelente e está afinada para oferecer uma condução suave e controlada. O ABS é equipamento de série; tanto disco dianteiro, como o traseiro são de 240 mm de diâmetro; a pinça dianteira tem três êmbolos e a traseira apenas um.

4. Acessórios

Juntamente com a top case de série, o para-brisas e as proteções de punho foram redesenhadas e melhoram a proteção contra os elementos atmosféricos. A top case Smart – que opera em conjunto com o sistema Smart Key – e o kit de abertura podem ser instalados à posteriori.

@ 27-11-2019 12:45:31

Galeria de fotos


Mais

  • 1 | 1