Mundial Moto2 - Espantosa recuperação de Oliveira

"Segundo soube a vitória hoje" - Miguel Oliveira

Incrível corrida para Miguel Oliveira em Jerez, depois dos azares nos treinos, provocados por um dia “menos” do piloto de Almada. 

Miguel Oliveira demolidor em Jerez

Miguel Oliveira demolidor em Jerez

Momentos antes da corrida, Niklas Ajo, manager da formação, disse que hoje Miguel já se sentia em forma e tudo estava a correr bem e isso mesmo foi confirmado logo no arranque, com Miguel a vir detrás, da 5ª fila e 14ª posição, para se colocar em oitavo logo nas primeira curvas, e 7º à primeira volta.

Ultrapassagens bem calculadas a Bagnaia e depois Marquez colocaram-no em terceiro, enquanto lá atrás um toque de Pasini punha Fenati fora duma corrida com imensas quedas, que incluíram Navarro, Marini, Danilo, Manzi e Khairudin. Oliveira começou mesmo a pressionar Baldassari no comando, e quando à 10ª volta Marquez comete um erro e cai, os dois comandantes passam a rodar isolados.

Atrás deles Bagnaia, Vierge e Pasini ainda carregam. Binder, ao contrário de Oliveira, faz uma corrida de frente para trás, começando por andar em terceiro e gradualmente baixando para 6º , enquanto Schrotter, replicando a recuperação de Oliveira mas mais detrás, vem de 20º para atingir a 6ª posição.

Resultado espantoso para Oliveira

Resultado espantoso para Oliveira

A expectativa de que a KTM se portaria melhor nas ultimas voltas não parecia ter fundamento, com “Balda” a impor andamento fortíssimo na fase final e a conseguir mesmo afastar-se de Oliveira, que era constantemente elogiado pelos comentadores ingleses em vista da espantosa recuperação.

Ainda não foi desta que Miguel Oliveira venceu em Jerez, mas com os principais do Campeonato atrás de si ou fora, foi um resultado importantíssimo para as suas aspirações ao título de Moto2... antes de se tornar no primeiro português em MotoGP (saiba mais, clique aqui)!

A expectativa de que a KTM se portaria melhor nas ultimas voltas não parecia ter fundamento, com “Balda” a impor andamento fortíssimo na fase final e a conseguir mesmo afastar-se de Oliveira, que era constantemente elogiado pelos comentadores ingleses em vista da espantosa recuperação espantosa. Ainda não foi desta que Miguel venceu em Jerez, mas com os principais do Campeonato atrás de si ou fora, o resultado coloca-o em 3º no Campeoanto a 10 pontos do leader Bagnaia - importantíssimo para as suas aspirações ao título de Moto2... antes de se tornar no primeiro português em MotoGP!

“A qualificação foi muito difícil para mim, estava stressado, não conseguia seguir as trajectórias, e sabia que isso era a chave para a corrida, por isso acabei o dia muito frustrado. Hoje, pelo contrário, senti-me bem, tive um arranque forte, vi que ninguém estava a fugir, pensei que tinha uma chance de vencer, mas o Balda hoje estava muito forte... O segundo lugar aqui teve gosto de vitória!” - disse Miguel antes de subir ao pódio.

Moto2, Corrida
1. Lorenzo BALDASSARRI – Kalex Pons HP40
2. Miguel Oliveira- KTM Red Bull
3. Francesco BAGNAIA – Kalex SKY VR46
4. Xavi VIERGE - Kalex Dynavolt
5. Mattia PASINI – Kalex Italtrans
6. Brad BINDER – KTM Red Bull
7. Marcel Schrotter – Kalex Dynavolt
8. Sam LOWES – KTM Swiss In Investors
9. Iker Lecuona - KTM Swiss In Investors
10. Fabio Quartararo – Speed Up

Fonte: www.andardemoto.pt

@ 7-5-2018 11:56:49


Mais